CD LULU, A VADIA

CD LULU, A VADIA

domingo, 26 de março de 2017

CONTOS DE LULU (Capítulo 16) UM CARNAVAL DE MUITA ROLA PARA LULU




Minha estadia na Bahia ganhou mais uma semana, após insistir muito, consegui convencer meus pais para voltar para casa só após o carnaval, já que minhas  aulas só começariam após o carnaval. Meus pais antes de voltarem para Fortaleza, passaram aqui na Bahia e nos visitaram, adorei rever meus pais, se assustaram com meu tamanho e meu bronzeado, coisas de pais babões. Mas o que tenho para contar é sobre o que viria me acontecer nesses dias de folia.
Meu tio estava muito eufórico, pois sua pousada estava 100% lotada, a maioria turistas. Caio, meu primo apareceu com com três amigos, eles ficaram hospedados na nossa casa, quando vi os caras, meu cuzinho logo piscou, eram jovens como Caio, bonitos e bem malhados, um era Francês, se chamava Jean, era ruivo, parecia uma espiga de milho, já os outros dois eram bem escuros, eram africanos de angola, todos estudavam com meu primo na mesma faculdade.
- Esse é Lulu, meu priminho! - disse Caio ao me apresentar seus amigos.
Me senti uma aberração, quando os africanos  perceberam a cor verde dos meus olhos e ficaram admirados, meus olhos deviam estar bem destacados afinal eu estava quase da cor dos africanos, estava muito bronzeado.
Confesso a vocês que a presença daqueles rapazes me deixou excitado. Logo que chegaram foram para a folia com meu primo, implorei para ir com eles, mas claro que meu tio não deixou, eu ainda era muito novo. As vezes odiava essa minha condição de criança, não via a hora de completar minha maioridade. Dava meu cu como um adulto, mas não podia brincar carnaval como um.
Chorei muito com a recusa do meu tio, mas não adiantou, tive que ficar em casa, brincando de videogame como fazia todo dia, Dona Josefa trouxe sorvete para mim, afinal de me acalentar, dizendo que meu tio tinha razão, mas o que me acalentou foi foi a rola do senhor Pedro, o pedreiro que me fudeu quando fazia  serviços aqui em casa, o negão era marido de Dona Josefa, ele veio trazer uma encomenda para meu tio.
- O que fizeram ao menino? - perguntou Sr. Pedro ao perceber meus olhos cheios de lágrimas - Não gosto de ver meu amiguinho assim.
Dona Josefa contou a razão e cada vez que ouvia me chamarem de criança minha raiva aumentava ainda mais. Sr. Pedro sentou ao meu lado diante da televisão, e logo percebi sua intenção, o negão colocou a almofada sobre seu colo, tentando esconder sua ereção, meu cuzinho piscou ao ver o pedaço de carne negra ereta apontando para mim sob a almofada. Não pensei duas vezes, discretamente segurei a rolona e masturbei levemente tirando suspiros de prazer do coroa.
Enquanto Dona Josefa realizava suas tarefas, eu e Sr. Pedro fomos até o quintal, o coroa não perdeu tempo, me levou para um cantinho escondido e após lambuzar meu rabinho empinado lascou sua rola dentro do meu cuzinho, eu apenas gemia de prazer e dor, o negão me penetrava sem dó, deixando seu leite dentro de mim.
Com o rabo ardendo, voltei para dentro de casa e Sr.Pedro foi embora. Voltei a brincar com meu videogame, confesso que aquelas roladas me acalmaram, pensei ao sorrir com essa constatação.
Após o almoço Dona Josefa foi para sua casa me deixando sozinho, acabei adormecendo no sofá, mas logo despertei com a chegada do meu primo e seus amigos, o ruivo Francês Jean e os angolanos Fred e Tom.
Os quatros estavam muitos animados, Caio como sempre estava embriagado e isso me preocupava, pois ele sempre ficava descontrolado nessa situação, não deu outra, ele pulou sobre mim e ficou me sufocando de beijos.
- Assim tu machuca o pequeno! - reclamou Fred ao tirar Caio sobre mim.
- Adoro esse pestinha! - disse Caio ao me dar palmadas na minha bunda.
Detestava quando Caio ficava bêbado, pensei ao me afastar e ir pro meu quarto, deixei ele e o gringos conversando na sala, após alguns minutos, Caio entra no quarto e mostra o banheiro para Tom. fingi estar dormindo,  o angolano se desfaz das roupas e entra no banheiro, fiquei em estado de choque com o tamanho da jeba do negão africano, o troço era enorme. 
Depois de Tom foi a vez do francês entrar no banheiro, Jean faz cara de assustado com a rola do amigo, os dois brincam ao medir as jebas e a diferença era enorme.
Depois daquelas visões, acabei adormecendo novamente e só despertei com as caricias do meu primo Caio em meu bumbum, gelei ao lembrar da presença de seus amigos em casa.
- Estou com saudade desse cuzinho! - murmurou Caio em meu ouvido - Vamos brincar um pouquinho.
Percebendo minha preocupação, Caio disse que seus amigos estavam descansando noutro quarto. Mas tranquilo, apenas permaneci deitado de bruços e deixei Caio me comer, também estava com saudade daquela rola em meu cu, me rasgando com força, pois era assim que Caio gostava de me fuder. Me assustei com a aproximação do meu tio na cama, ele reclamou da atitude de Caio em fazer aquilo comigo com a presença dos seus amigos.
- Cara tenha mais cuidado! - reclamou meu tio - Teus amigos podem ver isso....
- Bobagem papai, os caras estão dormindo! - disse Caio ao me penetrar com vontade - E qual o problema?....Lulu daria conta deles com certeza....
- Quando a isso não tenho a menor dúvida! - disse meu tio sorrindo ao colocar sua rola em minha boca.
Aqueles dois me assustava, meu tio e seu filho, meu primo Caio eram dois tarados, pensei ao ser fudido pelos os dois enquanto os gringos dormiam no quarto ao lado.
Após gozarem em meu cu, os dois se afastam me deixando exausto deitado na cama.

Aguardem a continuação.......

quarta-feira, 22 de março de 2017

LULU, O MORENINHO VADIO ENCARANDO A ROLA GG DO SEGURANÇA.

video 
MEU CUZINHO PISCA SÓ EM VER UMA ROLA GG....DEI GOSTOSO PARA 
ESSE NEGÃO....SEGURANÇA DE UM SHOPPING QUE FREQUENTO.
video

sexta-feira, 17 de março de 2017

LULU, O MORENINHO VADIO DANDO GOSTOSO PRO VIZINHO

video 
ADORO ROLA NO RABO, NÃO DISPENSO UMA QUANDO APARECEM NA MINHA FRENTE. ESSE CARA MORA NO MEU CONDOMÍNIO.....É UNS DOS MEUS FUDEDORES DA REDONDEZA....UMA DELICIA.

quarta-feira, 15 de março de 2017

LULU, O MORENINHO VADIO FUDENDO COM O COROA NA CONSTRUÇÃO

video
VADIA  QUE É VADIA NÃO DISPENSA ROLA, DEI PARA ESSE VIGIA DE UMA CONSTRUÇÃO PRÓXIMA MINHA CASA.....ADOREI AS ROLADAS QUE ELE ME DEU....SEM FALAR DO PERIGO DE SERMOS DESCOBERTOS.

sexta-feira, 10 de março de 2017

LULU, O MORENINHO VADIO LEVANDO ROLA DO NEGÃO


video
ADORO SER FUDIDO COM VONTADE, ESSE NEGÃO METEU GOSTOSO NO MEU CUZINHO ME ARRANCANDO GEMIDOS DE TESÃO.